Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Na crise, ANP autua um posto por dia por batizar combustível

Em meio à crise dos combustíveis, com alta de preços e risco de desabastecimento, a Agência Nacional de Petróleo tem autuado um posto por dia por batizar gasolina, álcool ou gás natural veicular.

Desde o último 27 de junho, oito revendedores foram flagrados por adulteração, todos em cidades com mais de 400 mil habitantes, com grande circulação de veículos. Cinco delas integram as redes BR, Raízen (Shell) e Ipiranga.

Num dos varejistas, da BR, em Campinas (SP), tanto a gasolina comum quanto a aditivada estavam fora dos padrões exigidos pela agência. A aditivada, considerada de melhor qualidade e mais cara, tinha na composição quase o dobro do etanol permitido.

Em dois postos da Raízen, um em Ribeirão Preto (SP) e o outro em Serra (ES), os fiscais constataram, respectivamente, que a gasolina e o GNV vendidos estavam adulterados. Em outro estabelecimento, da Ipiranga, a equipe da ANP foi impedida de entrar para fiscalizar os produtos.
Naira Trindade, O Globo