Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Governo deve antecipar calendário de pagamento do Auxílio Brasil

Governo deve antecipar calendário de pagamento do Auxílio BrasilNa esteira da promulgação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Eleitoral que amplia benefícios sociais a três meses das eleições, o governo quer mudar de forma definitiva o cronograma de pagamento do Auxílio Brasil. O objetivo é antecipar o calendário de pagamentos para a primeira quinzena de cada mês. Atualmente, o pagamento é feito nos últimos 10 dias úteis, de acordo com o NIS (Número de Identificação Social), como funcionava no Bolsa Família, marca da gestão petista. Com isso, o novo piso do programa, que sobe de R$ 400 para R$ 600, será pago antes.

A antecipação do pagamento tem por objetivo desvencilhar o programa de transferência de renda do presidente Jair Bolsonaro, em vigor desde novembro de 2021, do Bolsa Família, bandeira do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A meta do Palácio do Planalto é começar a realizar o pagamento dos novos benefícios no dia 9 de agosto.

Segundo técnicos do Ministério da Cidadania, a pasta está preparada para rodar a folha do Auxílio Brasil antecipadamente. Os pagamentos de julho começam na próxima segunda-feira para um universo de 18 milhões de famílias, que ainda vai receber o piso de R$ 400.
Geralda Doca, Extra