Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

180 empresas de telemarketing são suspensas por prática abusiva

O Ministério da Justiça e Segurança Pública suspendeu parcialmente nesta segunda-feira (18) as atividades de 180 empresas pela prática de telemarketing abusivo.
Ao todo, 31 entidades e empresas ligadas aos setores de atendimento, relacionamento, telefonia, bancário, financeiro e de crédito serão notificadas. Elas estão proibidas de fazer ligações para oferecer produtos e serviços a cliente que não tenham consentido o contato.

A ABT (Associação Brasileira de Telesserviços), que reúne empresas como a Atento e a AeC, diz que a suspensão coloca em risco mais de 1 milhão de empregos no setor de contact center (como são chamadas as centrais de telemarketing) e poderá afetar o preço de produtos ao restringir a competição entre as empresas.

As multas fixadas pelo Ministério da Justiça são de R$ 1.000 por dia para cada empresa. Segundo o Ministério da Justiça, as abordagens feitas por essas companhias partem de dados obtidos de maneira ilegal.
Felipe Nunes Folha de São Paulo