Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Bolsonaro convoca apoiadores para ir às ruas no 7 de Setembro e retoma ataques ao STF

Bolsonaro convoca apoiadores para ir às ruas no 7 de Setembro e retoma ataques ao STF

O presidente Jair Bolsonaro (PL) transformou ontem a convenção nacional do PL, que o oficializou como candidato à reeleição, numa convocação de apoiadores para atos de ataque ao Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 7 de setembro.

Ele incitou os presentes ao ginásio do Maracanãzinho, no Rio, a irem às ruas pela “última vez”. Sem citar nominalmente nenhum ministro da Corte, referiu-se a eles como “surdos de capa preta”.

“Nós não vamos sair do Brasil. Somos a maioria, nós temos disposição para a luta. Convoco todos vocês agora para que todo mundo, no 7 de setembro, vá às ruas pela última vez. Estes poucos surdos de capa preta têm que entender o que é a voz do povo, têm que entender que quem faz as leis são o Poder Executivo e o Legislativo. Têm que jogar dentro das quatro linhas da Constituição”, disse Bolsonaro, enquanto apoiadores gritavam das arquibancadas “Supremo é o povo”.

O ato de 7 de setembro preocupa a Corte, que montou um plano de segurança especial, depois da invasão da Esplanada dos Ministérios por bolsonaristas no ano passado. Diante de cerca de 12 mil presentes, segundo o PL, o presidente viu o deputado Daniel Silveira (PL-RJ) ser ovacionado. O parlamentar, ícone do enfrentamento do Palácio do Planalto com o Judiciário, foi condenado por ataques à democracia, mas o presidente perdoou a pena antecipadamente, à revelia do STF.
Rayanderson Guerra, Eduardo Gayer, Felipe Frazão e Vinicius Neder, Estado de São Paulo