Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Profissionais de enfermagem da rede federal do Rio protestam nesta quarta contra suspensão do piso salarial pelo STF

Nesta quarta-feira (21), a partir das 10h30, em frente ao Hospital Federal da Lagoa (HFL), profissionais de enfermagem da rede federal do Rio fazem ato unificado. A manifestação será parte das atividades do Dia Nacional de Luta pelo piso da categoria, com indicativo de paralisação em todo o país.

Na última quinta-feira (15), o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu o piso salarial nacional da enfermagem, acatando Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) movida pela Confederação Nacional de Saúde, que alegou não ter recursos suficientes para custear os novos salários.

Entre as propostas de custeio do piso salarial em discussão no Congresso Nacional estão a desoneração da folha de pagamento de hospitais privados, a atualização da tabela de pagamentos do SUS e a criação de uma compensação para estados e municípios.

Aprovado pelo Congresso Nacional e promulgado pela Presidência da República, o piso salarial nacional da Enfermagem foi fixado em R$ 4.750, para os setores público e privado. O valor ainda serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).
Extra