Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

SINPOSPETRO-RJ visita postos de combustíveis em Miguel Pereira

O diretor Lidimar Germano e a assistente de base Marcelly Mara visitaram, nesta terça-feira (20), os postos de combustíveis, em Miguel Pereira, no Sul do Estado. Eles entregaram aos trabalhadores a tabela do SINPOSPETRO-RJ com informações sobre o reajuste dos salários e dos benefícios conquistados pelo sindicato.

Os trabalhadores já receberam as diferenças salariais retroativas a 1º de junho, data-base da categoria. Junto com o salário do mês de setembro, os frentistas vão receber também R$ 329,77, referente a primeira parcela do abono salarial. A segunda parcela, no mesmo valor, será paga na folha salarial de novembro.

Na visita aos postos, o diretor Lidimar Germano orientou os trabalhadores sobre os seus direitos e cobrou das empresas o cumprimento da Convenção Coletiva do Estado. Durante a pesquisa de base, ele recebeu reclamações sobre o desconto de falta de caixa.

QUEBRA DE CAIXA
A advogada do sindicato, Thaís Farah, orienta que a quebra de caixa é a verba destinada a cobrir os riscos assumidos pelo empregado que lida com manuseio constante de dinheiro. Ela afirma que não há na legislação a obrigatoriedade de pagamento de adicional de quebra de caixa, mas a empresa não pode descontar do trabalhador qualquer diferença. Thais acrescenta que o desconto só pode ser feito se o funcionário receber o adicional de quebra de caixa e, mesmo assim, o corte no salário tem que ser no limite da gratificação.

Segundo a advogada, há um precedente normativo no Tribunal Superior do Trabalho que concede ao empregado, que exercer permanentemente a função de caixa, a gratificação de 10% sobre seu salário, excluídos do cálculo adicionais, acréscimos e vantagens pessoais. Ela frisa, no entanto, que o trabalhador só pode ser penalizado se houver intenção de causar o prejuízo à empresa.

SUBSEDE VOLTA REDONDA
Os frentistas do Sul do Estado que têm dúvidas com relação aos descontos no contracheque podem procurar o departamento jurídico do sindicato na subsede de Volta Redonda. O atendimento é de segunda a sexta das 8h às 17h. A subsede fica na rua Quatro, 122, no bairro conforto. O trabalhador também pode ligar para o telefone (24) 3348-4955 e solicitar a visita de um diretor ao posto.

Por Estefania de Castro
Design Mylena Campos