Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Inadimplência recorde atinge 70 milhões e empurra famílias para cheque especial e rotativo do cartão

  • Postado por: Estefania de Castro
  • Categoria: Sem categoria

Nunca o brasileiro deveu tanto – e não pagou. Em janeiro deste ano, 70,1 milhões de inadimplentes com bancos, empresas de cartão de crédito, financeiras, lojas e serviços de utilidades pública, como água e luz, acumulavam dívidas em atraso que totalizavam R$ 323,3 bilhões. Tanto em número de inadimplentes como nas cifras devidas, as marcas são recordes da série iniciada em março de 2016, apontam dados da Serasa que reúne informações do SPC Brasil, os dois maiores birôs de crédito do País.

Entre janeiro de 2022 e janeiro de 2023, a lista do calote foi engrossada com 5,3 milhões de inadimplentes, o equivalente à população da Noruega. E a dívida cresceu cerca de 24% (R$ 62,6 bilhões) no período.

Juros altos e renda corroída pela inflação elevada foram os gatilhos para o aumento do calote, adormecido no auge da pandemia por conta das postergações da quitação dos atrasos.

A escalada no número de inadimplentes começou a partir de setembro de 2021, quando a inflação acumulada em 12 meses atingiu 10,23%.
Márcia De Chiara e Luiz Guilherme Gerbelli, O Estado de São Paulo

Iniciar chat
1
Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá.
Podemos ajudar?