Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 18h
Nosso Expediente

“Momento é de união para avançar nas negociações coletivas”, diz presidente do Sinpospetro

Sem a mobilização de todos os trabalhadores, não haverá avanço nas discussões para a Convenção Coletiva de Trabalho, é que afirma o presidente do Sinpospetro, Eusebio Neto, após a reunião que tratou do assunto. Realizada na última quarta-feira (17), com a presença do Sinpospetro-RJ, do Sinpospetro Campos dos Goytacazes e Sinpospetro Niterói. Além dos representantes do Sindestado (patronal).

“É um momento de crise em todos os setores, principalmente na economia. O que exige de nós, trabalhadores, união e fortalecimento das lutas. Precisamos do apoio dos trabalhadores, é fundamental que se filiem ao sindicato, para juntos cobrarmos o reajuste e a manutenção dos direitos e benefícios. Sem uma grande demonstração de força e mobilização, não conseguiremos avançar”, destacou Eusébio Neto, presidente do Sinpospetro.

Essa foi a primeira reunião – realizada online -, para discutir as cláusulas econômicas da Convenção Coletiva estadual. Durante a negociação, os sindicatos laborais conseguiram assegurar a database de 1º de Junho e a manutenção das cláusulas vigentes (vencidas em maio), até que ocorra o acordo final. Porém, o reajuste salarial ainda não foi acordado. Uma nova reunião será realizada no dia 1º de Julho, para análise e retorno da pauta de reivindicações apresentada pelos representantes dos trabalhadores.