Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Com a inflação, embalagens dos produtos encolhem nos supermercados

O pacote de sabão em pó passou de 1 quilo para 800 gramas, o biscoito de 200 gramas agora tem 160 gramas, a aveia perdeu 35 gramas, o molho de tomate reduziu de 150 gramas para 120 gramas e até a caixa de fósforo diminuiu de 240 unidades para 200.

Com a inflação, os brasileiros também estão enfrentando a mudança do tamanho dos produtos nos supermercados, embora não seja novidade, a prática chamada de “reduflação” é uma estratégia das empresas que reduz o tamanho do produto ao invés de elevar os preços.

Dessa forma, não cria no consumidor a sensação de que os preços dos produtos, sobretudo dos alimentos, estão subindo tanto.

Porém, a redução da quantidade significa, na prática, a mesma coisa. O consumidor paga mais por menos produto.

Segundo o Idec (Instituto de Defesa do Consumidor), a presença de novas embalagens com diferentes quantidades é uma forma de driblar a lei, já que confunde as pessoas, que estão acostumadas a comprar os produtos e podem acabar não percebendo a diminuição das embalagens.

Outra estratégia utilizada pelas empresas é de substituir ingredientes da receita por outros mais baratos, de forma a não repassar o aumento dos preços aos consumidores.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ministro Paulo Guedes (Economia) pediram para empresários do setor de supermercados segurarem os preços da cesta básica.
Portal R7