Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

BNDES estende Programa de garantia de crédito a MEIs

O Programa Emergencial de Acesso a Crédito (Peac), linha de garantia de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para empresas de menor porte, terá uma nova fase, com duração até dezembro de 2023.

Principal medida do BNDES contra a crise causada pela covid-19, em 2020, o Peac poderá, na nova fase, avalizar mais R$ 20 bilhões em empréstimos. Agora, o programa aceitará também microempreendedores individuais (MEIs), além de pequenas empresas.

Lançado em meio à emergência da pandemia, o programa atacou um problema estrutural do Brasil, as dificuldades enfrentadas pelos pequenos negócios para tomar empréstimos.

Dessa vez, não haverá novas injeções do Tesouro no o Fundo Garantidor de Investimentos (FGI), informou o presidente do BNDES, Gustavo Montezano. A ideia é que os novos empréstimos a serem avalizados no Peac sejam garantidos por uma “reciclagem” de capital do fundo. Ou seja, à medida que os financiamentos garantidos até dezembro de 2020 sejam pagos pelas empresas, retornando aos bancos comerciais, os valores comprometidos nos avais vão sendo liberados.
Vinicius Neder, O Estado de São Paulo
imagem portal contábeis