Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Inflação: dos 50 itens que mais encareceram em junho, 34 são alimentos

Na gôndola do supermercado o consumidor não tem dúvida: está mais caro encher o carrinho. Nos últimos 12 meses, dos 50 produtos que mais encareceram, 34 são alimentos.

Os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, foram divulgados na sexta-feira(8).

Segundo o monitoramento, elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em junho o leite longa vida aumentou 10,72%.

A lista de disparada de preços é composta ainda por itens como farinha de trigo, açúcar e macarrão, entre outras frutas e legumes.

Além das questões internas, fatores como a guerra no Leste Europeu impactam no panorama. Como a Rússia e a Ucrânia são os maiores produtores mundiais de trigo, o conflito mexeu com o mercado.

No Brasil, o encarecimento do milho e da soja, usado na ração do gado e aves, puxou para cima o preço do leite e derivados, da carne bovina e da carne de frango. Apesar de ser um grande produtor de carnes bovina e de frango, o país tem contratos de exportação que precisam ser respeitados.

A inflação do setor de alimentação e bebidas fechou junho com alta de 0,8%, a terceira maior entre os nove setores analisados. Segundo o IBGE, o IPCA cresceu 0,67% em junho. Em maio, a alta foi de 0,47%.
Otávio Augusto, Metrópoles