Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

INSS alerta: prova de vida está suspensa, mas golpistas andam ligando para aposentados em nome do órgão

E, mais uma vez, a prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está sendo usada como isca para golpistas roubarem dados de aposentados e pensionistas. O alerta foi feito pelo próprio INSS nesta quarta-feira(27), após reclamações de segurados à Ouvidoria do órgão. As abordagens ocorreram por telefonema e posterior contato pelo WhatsApp, alerta o INSS, que orienta o beneficiário a não enviar dados pessoais, fotos ou documentos.

Nos contatos, diz o INSS, os golpistas solicitam dados pessoais e fotos de documentos para que não ocorra um suposto “bloqueio nos pagamentos”. Em alguns casos, chegam a enviar links para que o segurado realize a biometria facial. A pessoa que fala é muito segura e pode até passar algum dado pessoal do segurado com a intenção de dissimular a farsa.

E é nesse ponto que consiste a fraude: os golpistas ficam de posse da documentação e dos dados e fazem transações irregulares em nome de aposentados e pensionistas. Como os empréstimos consignados, aqueles que são descontados diretamente no pagamento, por exemplo.

O procedimento está suspenso desde 2 de fevereiro. Agora não é mais exigida a presença do aposentado ou pensionista ao banco. A prova de vida passou a utilizar o cruzamento de dados de outras bases do governo e não é mais preciso ir ao banco, somente se for chamado.
Martha Imenes, Extra