Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Inflação nossa de cada dia: leite teve alta de 63,54% e pão francês, de 17,88%, segundo Dieese

O aumento de preços não tem dado refresco na mesa dos cariocas. Nem o leite integral e o pão francês, destaques do café da manhã, escapam da inflação nossa de cada dia. É o que mostra levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Na comparação com agosto de 2021, o leite integral subiu 63,54%; o pão francês, 17,88%; o café em pó, 45,08%; a farinha de trigo disparou 34,50%; a manteiga 17,84%; e o açúcar refinado, 12,12%.

Já no acumulado nos primeiros oito meses de 2022, o leite integral (67,78%), a farinha de trigo (29,96%), a manteiga (20,26%), o pão francês (14,76%), e o café em pó (4,47%) também registraram altas, segundo o levantamento do Dieese. Economistas consultados pelo EXTRA, no entanto, avaliam que os preços devem cair nos próximos meses.

Para André Braz, economista responsável pelo Índice Geral de Preços (IGP), da Fundação Getulio Vargas (FGV), a queda de preços vai acontecer, mas será aos poucos.

Ele avalia que não há uma outra onda de reajuste e aponta que os preços ainda não caíram mais por conta de estoques que foram constituídos a preços mais altos.
Martha Imenes, Extra