Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Operação Petróleo Real fiscaliza 25 postos do Rio e encontra várias irregularidades

A segunda fase da Operação Petróleo Real foi realizada, nesta terça-feira (20), em vários postos de gasolina espalhados pela Região Metropolitana e pela Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Na operação, os agentes estatais visitaram 25 postos de combustíveis, onde foram verificadas várias irregularidades, entre elas: adulteração de combustíveis, fraudes eletrônicas nas bombas e fraude de quantidade de combustível medida nas bombas. Em razão dos delitos atestados alguns postos de combustível foram interditados.

GNV
Na Zona Norte da cidade, a Operação Petróleo Real também empreendeu ações fiscalizatórias relacionadas ao abastecimento de GNV, na qual um dispenser do combustível foi interditado por operar com pressão superior ao limite permitido pela ANP. Os agentes estatais também removeram 16 veículos que estavam em condições irregulares relacionadas ao kit GNV. Os veículos, que ainda estavam em condições inadequadas de circulação, foram levados para o pátio do Detran.

As autoridades estatais destacam que tais crimes lesam a receita do Estado do Rio de Janeiro, os comerciantes que operam de foram íntegra e são prejudicados pela concorrência desleal, e os consumidores, que podem sofrer graves acidentes, até mesmo a morte.

O Procon-RJ aproveita as ações da Operação Petróleo Real para fazer a atualização de preços diante da redução dos tributos.

Até a próxima quinta-feira (22), 120 postos de combustível do estado do Rio de Janeiro serão fiscalizados pela Operação Petróleo Real. Policiais e órgãos de controle atuarão nos seguintes municípios: Rio de Janeiro, São Gonçalo, São Pedro da Aldeia, Itaboraí, Maricá, Resende, São João de Meriti, Niterói, Cabo Frio, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Araruama e Petrópolis.
Patricia Lima, Diário do Rio e Agência Brasil