Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Rede de Postos Carrefour adota sistema de voto eletrônico em eleição da Cipa

A modernidade do voto eletrônico também chegou aos postos de combustíveis. Os trabalhadores do Posto Carrefour Barra da Tijuca, que fica na Zona Oeste do Rio de Janeiro, escolheram nesta quarta-feira (21) o novo representante da Cipa na empresa. A votação foi feita por voto eletrônico. Cinco empregados disputaram a vaga. O funcionário Gustavo Henrique foi o mais votado.

O diretor Klebson Patrício acompanhou a eleição durante todo o dia. Os funcionários de todos os turnos votaram online. Ao finalizar o voto, o computador emitia um sinal sonoro. A técnica de segurança do trabalho da empresa no Rio de Janeiro, Elisabeth Aparecida, afirmou que o voto eletrônico foi implantado em todos os postos de combustíveis da rede no Brasil.

Gustavo Henrique, de 29 anos, trabalha há três meses no posto. Ele é frentista há dois anos e meio. Jorge Luiz, de 38 anos, ficou com a suplência.

ELEIÇÃO CIPA
Todos postos de combustíveis com mais de 20 funcionários precisam realizar eleições para escolher os integrantes que vão compor a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). As empresas com menos de 19 funcionários têm que designar um trabalhador, para fazer o curso de orientação sobre segurança e saúde.

A norma regulamentadora nº 5, que estabelece a CIPA, tem por objetivo a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, assim como a preservação da vida e a promoção da saúde do empregado.

Todos os responsáveis pela comissão devem ser escolhidos por eleições convocadas por um edital, com abertura de prazo para as inscrições, que deve fixado em local de fácil acesso e visualização, mas pode ser feito através de meio eletrônico. A empresa deve comunicar ao sindicato o início do processo eleitoral.

As eleições são realizadas todo ano. As empresas não podem dispensar, arbitrariamente ou sem justa causa, o empregado eleito para cargo de direção da CIPA, até um ano após o final de seu mandato. O cipeiro precisa fazer curso de qualificação para conscientizar e informar os trabalhadores sobre todos os aspectos que englobam a segurança no trabalhado, principalmente no que diz respeito as normas e ao uso de equipamentos de proteção.

Por Estefania de Castro
Design Mylena Campos