Av. Professor Manuel de Abreu, 850
Vila Isabel - Rio de Janeiro - RJ
De Segunda à Sexta das 08h às 17h
Nosso Expediente

Sindicalistas dizem que bancos fazem ‘extorsão e chantagem’ contra aposentados

  • Postado por: Estefania de Castro
  • Categoria: Sem categoria

As centrais sindicais reagiram à decisão dos bancos de suspender o empréstimo consignado do INSS depois que o Conselho Nacional da Previdência Social aprovou uma queda de 2, 14% ao mês para 1,70% no teto da modalidade nesta semana.

Nesta quinta (15), uma série de bancos como Bradesco, Itaú, Pan, Banco Mercantil do Brasil, C6 Bank e a Bem Promotora, um dos canais do Banrisul decidiram suspender o produto temporariamente. A onda confirma previsões que executivos do setor já vinham fazendo nos últimos dias de que havia um risco de corte na oferta do produto.

Em nota as centrais argumentam que “o crédito consignado é uma linha de crédito com baixa taxa de inadimplência, e o desconto é em folha, o que torna a operação mais segura e acessível”.

“As centrais manifestam sua indignação e condenam veementemente a chantagem dos bancos de suspenderem a modalidade de crédito consignado para aposentados, após a redução das taxas por parte do Conselho Nacional da Previdência Social. Essa atitude dos bancos demonstra que a sede por lucros não tem limites, e é inaceitável que os aposentados e pensionistas sejam prejudicados dessa forma”, afirma o texto assinado pelos presidentes de centrais como CUT, Força Sindical, UGT (União Geral dos Trabalhadores).

As entidades afirmam que vão cobrar do governo a utilização do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal para garantir as linhas de crédito para os aposentados e pensionistas que precisarem com as novas taxas em vigência.
Jorna Cunha, Folha de São Paulo

 

 

 

Iniciar chat
1
Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá.
Podemos ajudar?